Divisão de Honra 2016/2017

Divisão de Honra 2016/2017

terça-feira, 30 de maio de 2017

Taça Encerramento - Palmarés


Nas últimas épocas conhecemos diferentes equipas campeãs na Taça de Encerramento, publicamos o palmarés desde a época desportiva 1994 até à época transacta. 

1994/95 Cadima

1995/96 Zona Histórica de Soure

1996/97 Não se realizou

1997/1998 Não se realizou

1998/1999 Não se realizou

1999/2000 Santa Clara

2000/2001 São Tomé

2001/2002 Poiares

2002/03 Não se realizou

2003/04 Divisão Honra: São Tomé / 1ª Distrital: Vilaverdense

2004/05 Não se realizou

2005/06 São Tomé

2006/07 Ourentã

2007/08 Não se realizou

2008/09 Oliveira do Hospital

2009/2010 Não se realizou

2010/2011 Não se realizou

2011/2012 Não se realizou

2012/2013 AC Vilarinho

2013/2014 AJEDC Tocha

2014/2015 AJEDC Tocha

2015/2016 GD Tabuense
2016/2017 Não se realizou

terça-feira, 23 de maio de 2017

Supertaça Distrital -> Antevisão da partida ARCD Venda da Luísa vs CD Ourentã

Ester Almeida (Atleta)


Na Supertaça de Coimbra da presente época em que somos estreantes, defrontaremos a equipa do Clube Desportivo Ourentã.

Após a conquista do campeonato invictas e com a participação na Taça Nacional, que nos encontramos a disputar a segunda fase, só podemos estar motivadas e unidas por tudo que temos feito até agora.
Sendo assim, nesta quarta-feira, apesar de ser a meio da semana, na disputa de outra prova importante iremos ter uma grande final.
Iremos entrar em campo com toda a dedicação, união e enorme entrega onde faremos os possíveis para conquistar a Supertaça de Coimbra e dar mais uma alegria aos nossos apoiantes e à fantástica família Venda da Luísa.

Como adversária, uma equipa também motivada pela recente conquista da Taça Distrital, será um jogo bastante equilibrado podendo a vitória pender para qualquer um dos lados. Um Ourentã com qualidade e que nos trará com certeza dificuldades como em todos os jogos que tivemos.
Duas equipas que já se conhecem e que tudo farão para dar a todos um bom jogo de futsal.

Obrigada desde já pelo convite deste blog que tanto tem feito pelo futsal de Coimbra na sua divulgação e votos de sucesso.





Filipe Simões (Treinador-GR)

Nesta supertaça ambas as equipas entram com a mesma percentagem de favoritismo, embora o Venda da Luísa tenha realizado este campeonato de honra da AFC de uma forma imaculada, sabendo que esta é a sua estreia na competição, onde se reforçou com algumas atletas que representaram o Ourentã na época passada. Por outro lado os Ourentã têm perfeito conhecimento da qualidade da adversária, a saída de algumas atletas, não abalou a estrutura do clube, reforçando-se no início desta época com atletas de valor.
Óbvio que ambas as equipas desejam a ganhar esta supertaça, acredito também que será um jogo disputado até ao último segundo, eu estarei nas bancadas apoiar o clube que sempre reconheceu o meu trabalho.
Para finalizar, como diz uma atleta do Ourentã, as finais não são pra se jogar, mas sim para se ganharem.
Como fã e praticante de futsal, apelo ao fair-play de ambas as equipa, que prestigiem glorificando este futsal praticado neste distrito de Coimbra.


Força CDO!


Mariana Rodrigues(Atleta)

Em primeiro lugar agradeço o convite para fazer a antevisão da Supertaça entre a Venda da Luísa e o Clube Desportivo Ourentã.
Partimos para este jogo com a plena consciência que vamos defrontar um adversário que esta época venceu o campeonato distrital da AFC, onde em 26 jogos obteve 26 vitórias, tendo tido a melhor defesa e o melhor ataque. É também um adversário que neste momento disputa a subida para o Campeonato Nacional, por isso, antevemos alguma dificuldade neste jogo, pois a equipa da Venda da Luísa tem jogadoras com muita qualidade em termos individuais e que podem desequilibrar, no entanto, o Ourentã tem excelentes jogadoras e e em equipa vamos tentar contrariar o favoritismo da Venda que terá de demonstrar em campo a sua superioridade.
Ganhar a supertaça é um dos objetivos que queremos alcançar. Sabemos que não há margem para erro, quanto mais nos concentrarmos no essencial, melhor.
Sabemos que vai ser um jogo difícil para ambas as equipas, mas prometemos emoções fortes até ao último segundo da partida, pois todas as oportunidades de golo serão perigosas, ou seja, todos os lances e todos os pormenores podem decidir o vencedor da supertaça.

Que seja acima de tudo uma festa e que possamos presenciar um bom jogo de futsal com duas grandes equipas. 


Supertaça AFC - Palmarés


Nas últimas épocas conhecemos diferentes equipas campeãs e antes de arrancar mais uma Supertaça Distrital publicamos o palmarés desde a época desportiva 2008/2009 até à época transacta. 

Palmarés:

2008/2009 GR Vilaverdense

2009/2010 GR Vilaverdense

2010/2011 Não se realizou

2011/2012 Não se realizou

2012/2013 CD Ourentã

2013/2014 AD Serpinense

2014/2015 AD Serpinense

2015/ 2016 CF Santa Clara


2016/2017 ARCD Venda da Luísa

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Taça Distrital Meia-Final -> Antevisão da partida CD Ourentã vs UD Lôgo de Deus/Sarieco

 UD Lôgo de Deus/Sarieco

Rita Leal (Atleta)
Nas Meias-finais da Taça Distrital vamos defrontar o Clube Desportivo de Ourentã ,equipa que alcançou o 3o lugar no campeonato e que conquistou, invicta, o 1o lugar do seu grupo nesta competição. Esperamos um jogo de grande dificuldade contra um adversário com muita qualidade, experiente e com jogadoras extremamente motivadas. Vamos procurar colocar em prática o nosso modelo de jogo e aproveitar os erros das nossas adversárias. A equipa está motivada em conquistar um bom resultado para tentar alcançar a Final. Espero que seja um bom espetáculo de futsal, e que os adeptos acorram ao Pavilhão Multiusos de Tábua para apoiar a modalidade.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Taça Distrital Meia-Final -> Antevisão da partida NS Condeixa vs União 1919

NS Condeixa

Arlindo Matos (Treinador) 

A chegada do SCP-Núcleo de Condeixa à “final four” da Taça da Associação de Futebol de Coimbra de Seniores Femininos é algo que nos deixa orgulhosos. Estamos a cumprir o nosso primeiro ano na modalidade neste escalão e temos vindo, de forma gradual a crescer quer colectiva, quer individualmente.
Cumprimos na Divisão de Honra, fomos o grande destaque do distrito na Taça de Portugal, sendo a única formação feminina que chegou à 4ª eliminatória, sendo que perdemos com o Povoense no prolongamento e agora conquistámos o 1º lugar num Grupo B que contava com valorosas opositoras, das quais devemos destacar pelo trajecto que têm feito na modalidade o Santa Clara, que é o detentor deste troféu, e o Lôgo de Deus.
Nesta “final four” em Tábua estarão quatro equipas que gostam de jogar bom futsal, há excelentes executantes em qualquer uma delas, pelo que, a expectativa, é que sejam jogos de grande equilíbrio e qualidade, naquela que será uma excelente propaganda à modalidade.
O nosso adversário, o União 1919, tem um belíssimo grupo de trabalho, venceu os dois jogos que fizemos no campeonato, pelo que, naturalmente, não contamos com facilidades. Vamos, contudo, tentar impor o nosso futsal e, com isso, dar seguimento à campanha que temos feito. Quem entra em campo tem de ser para ganhar, para mais em fases tão adiantas como esta da competição.
Aproveito para desejar que seja um espectáculo de grande qualidade para que se promova a vertente feminina do futsal no distrito. Sendo esta a grande festa da Taça, convidamos todos os nossos apoiantes a rumarem connosco a Tábua para apoiarem a nossa equipa.



Mariana Vasconcelos (Atleta)

Sábado é dia de rumar a Tábua para disputar a “final four”.
Em ano de estreia desta nossa equipa nada poderia ser mais gratificante do que marcarmos presença nesta etapa da competição que deixa bem claro todo o nosso esforço e crescimento ao longo da época. Iremos defrontar a equipa do União 1919 que é também uma nova equipa apesar de já existir ligações anteriores entre atletas que juntas representaram outros clubes. Vamos jogar para ganhar e queremos deixar a nossa “marca” como aconteceu na estreia da Taça de Portugal. Estou confiante de que será um bom jogo, com imensa disputa e que vamos trabalhar arduamente ao longo desta semana e chegaremos a sábado ainda mais fortes e unidas. Pessoalmente, estou muito feliz por ter dado o meu contributo para que o SCP-Núcleo de Condeixa chegasse bem longe na prova. Quero também deixar o meu agradecimento a toda a Academia por ter feito parte deste novo projecto.
Apelo a todos os nossos amigos e simpatizantes que nos têm acompanhado para estarem connosco em Tábua neste que é um momento de grande festa.


União 1919


Luisinho Santos (Treinador)

Jogo e competição com características completamente diferentes daquilo que foi o campeonato. A verdade é que termos derrotado a equipa do NS Condeixa por duas vezes nessa prova não significa rigorosamente nada e numa meia-final de 40 minutos tudo pode acontecer. O nosso adversário provou na Taça de Portugal a sua aptidão em jogos a eliminar, e teremos que estar no nosso melhor para alcançarmos a tão ambicionada final. Ambas as equipas têm vindo a evoluir muito ao longo da época e a prova disso é o facto de marcarem presença nesta fase final quando não se encontravam entre as favoritas.
Uma palavra para as minhas jogadoras que merecem muito disputar esta Final- Four, é um prémio mais que merecido para uma equipa que realizou perto de 120 unidades de treino e para quem feriados e fins de semana sem jogos oficiais raramente foram sinónimo de folga. Apesar de todas as contrariedades que tivemos ao longo da época nunca deixámos de acreditar que o nosso trabalho acabaria por ser recompensado.
E independentemente do que possa acontecer este fim-de-semana, tenho um orgulho enorme em todas as jogadoras que contribuíram para que todos os objectivos desportivos desta temporada fossem alcançados.
Uma palavra também de apreço para a equipa do NS Condeixa e em especial para o seu treinador Arlindo Matos, os meus sinceros parabéns pela excelente época que estão a realizar, também eles em ano de estreia.
Grande jogo de Futsal em perspectiva no qual tudo faremos para vencer, que seja uma grande jornada de propaganda ao Futsal Feminino do nosso distrito.
Por último dar mais uma vez os parabéns à ARCA por todo o trabalho realizado na divulgação e promoção da modalidade.

Beatriz Pais (Atleta)

'Ditou a fase de grupos que, nas meias-finais da Final Four da Taça Distrital, iremos enfrentar o Núcleo Sportinguista de Condeixa, do qual são esperadas grandes dificuldades e teremos que mostrar em campo que no domingo queremos estar na final. O Núcleo fez uma óptima fase de grupos e jogará com essa motivação, mas nós vamos a Tábua com imensa vontade de vencer e não iremos facilitar. Desejo que se proporcione um bom espetáculo e que o futsal feminino no distrito de Coimbra continue o seu bom caminho.'
 

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Rubrica “Visto por Fora” - Entrevista à atleta Eliana Ferreira (CD Ourentã)





DNA

Nome: Eliana Ferreira

Clubes: Atlético Clube Alfenense (AF Porto), EDC Gondomar (AF Porto), CCD Veiros (AF Aveiro), Santa Luzia FC (AF Viana do Castelo) e Clube Desportivo Ourentã (Coimbra)

Palmarés:

Campeã Nacional Universitária pela FADEUP

Vice-campeã Distrital da AFPorto pelo clube EDCG

Vencedora do Campeonato Académico do Porto - CAPs

Vencedor da Taça de Honra da AFCoimbra pelo clube CDO


ARCA: Como surgiu o gosto pelo futsal e quais são os seus objectivos?
O Desporto desde cedo que faz parte da minha vida, já pratiquei outras modalidades, mas quando tive de optar, a paixão pelo futsal falou mais alto e já lá vão 12 anos.
Enquanto praticante da modalidade tenho como objetivo continuar a aprender e a desfrutar. Gosto de ter objetivos bem definidos e aliciantes para cada época, e enquanto me identificar com os projetos, enquanto conseguir e for feliz a jogar futsal, para mim faz todo o sentido continuar.

ARCA: Que percurso efectuou no futsal até aos dias de hoje?
Comecei o meu percurso no futsal pelo Desporto Escolar, a convite do meu professor de educação física, onde conseguimos chegar às finais, a nível nacional.
Na mesma altura surgiu o convite do Alfenense, clube da minha terra, onde tive a sorte de ter uma excelente formação júnior. Foram seis anos com o mesmo símbolo ao peito (três deles a disputar o competitivo campeonato distrital de juniores femininas do Porto da altura), onde encontrei todas as condições para crescer na modalidade.
O mais importante do meu percurso, é sentir que de todas as equipas por onde passei consegui retirar aprendizagens, competindo com as melhores.




ARCA: Como surgiu o convite para representar o clube de Ourentã e o que levou aceitar?
O interesse por parte do Ourentã já era antigo, mas na altura, para a minha decisão, pesou bastante o facto de preferir competir no campeonato nacional, no qual participava desde a primeira edição. Por outro lado, só aceitei o convite quando achei que tinha condições para abraçar o projeto a 100%. O facto de competir noutro distrito acarreta outras contrariedades e o cansaço é a triplicar.
Apesar de todos os contratempos que o clube tem passado, a direcção é incansável e acredito que tem todas as condições para sermos cada vez mais equipa e mais competitivos.      


ARCA: Que diferenças encontras-te entre a AF Coimbra e a AF Porto e como foi a transição?
A AF Coimbra não ter equipas juniores femininas será sempre um fator que a condiciona, de forma muito negativa, em relação às outras associações. Assim como as dimensões de certos pavilhões, que não são adequadas ao jogo.
No entanto, fiquei agradavelmente surpreendida com a forma como as pessoas em Coimbra, acompanham, vibram e apoiam o futsal feminino, a grande adesão aos pavilhões conimbricenses acho que é motivadora para qualquer jogadora.
A transição não é fácil, a organização, as equipas, as jogadoras, os pavilhões, toda esta nova informação tem de ser processada o mais rápido possível.
Contudo, o campeonato distrital de Coimbra foi uma agradável surpresa, surgindo este ano a um bom nível, bem visível na tabela classificativa. A luta foi bem renhida até à ultima jornada, e este campeonato não se resumiu a uma ou duas equipas. Atrevo-me a dizer que terá sido dos campeonatos distritais femininos mais competitivos. Parabéns a todos os clubes, que têm feito um excelente trabalho pela evolução da modalidade no distrito.


ARCA: Por fim gostarias de deixar algumas palavras aos seguidores do blog ARCA – Futsal Feminino em Coimbra?

Aproveito para agradecer o excelente trabalho de divulgação da modalidade por parte do blog ARCA, e aos seus seguidores, que continuem a acompanhar o futsal feminino no blog ARCA e nos pavilhões.

Taça Nacional 2ª Fase - Sorteio

Zona Norte – Série B

1- Representante AF Braga GNA
2 - Representante AF Porto Póvoa Futsal
3 - Representante AF Viseu Lusitano FC
4 - Representante AF Coimbra AD Serpinense

Tabela: 

Póvoa Futsal vs GNA
Lusitano FC vs AD Serpinense

2.ª Jornada | 21 de maio de 2017: 1-3; 4-2;
GNA vs Lusitano FC
AD Serpinense vs Póvoa Futsal

AD Serpinense vs GNA
Lusitano FC vs Póvoa Futsal

GNA vs Póvoa Futsal
AD Serpinense vs Lusitano FC

Lusitano FC vs GNA
AD Serpinense vs Póvoa Futsal

GNA vs AD Serpinense


Póvoa Futsal vs Lusitano FC

Zona Sul – Série D

1- Representante AF Açores SC Ideal

2 - Representante AF Coimbra ARCD Venda da Luísa

3 - Representante AF Lisboa Santa Iria

4- Representante AF Lisboa Arneiros

Tabela:

Venda da Luísa vs SC Ideal
Santa Iria vs Arneiros

SC Ideal vs Santa Iria
Arneiros vs Venda da Luísa

Arneiros vs SC Ideal
Santa Iria vs Venda da Luísa

SC Ideal vs Venda da Luísa
Arneiros vs Santa Iria

Santa Iria vs SC Ideal
Venda da Luísa vs Arneiros

SC Ideal vs Arneiros
Venda da Luísa vs Santa Iria